Notícias — 12 dezembro 2017
Denatran exige novos equipamentos de segurança  em veículos e estipula prazo. Confira!

O Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) publicou rrecentemente uma nova resolução estipulando prazos para a indústria automotiva passar a instalar novos equipamentos de segurança em todos os carros em circulação no Brasil. A Resolução nº 717, de 30 de novembro de 2017, cita itens como alerta de faixa, frenagem autônoma de emergência e aviso dos cintos de segurança, com prazos de implementação que começam em seis meses e vão até 18 meses. 

Os prazos citados contam a partir de 30 dias da data de publicação da nova resolução. Vale lembrar que a melhoria na segurança dos veículos no Brasil é uma discussão antiga e que faz parte dos pilares do programa Rota 2030, ainda em fase de aprovação com o governo. 

Desde 2014, passaram a ser obrigatórios no país os airbags frontais e os freios ABS (antitravamento) e, a partir de 2022, também será exigido em todos os carros no país o controle de estabilidade – conhecido pelas siglas ESP (do alemão Elektronisches Stabilitätsprogramm) e ESC (do inglês Electronic Stability Control).

Além de equipamentos de segurança, a resolução trata de aspectos relativos aos testes de impacto. Vale lembrar que Chevrolet Onix e Ford Ka receberam notas ruins recentemente, motivando críticas dos brasileiros. Entre eles estão: proteção para pedestre, impacto lateral e impacto lateral poste.

Por fim, o Contran estabelece prazos ainda para a regulamentação de veículos elétricos e autônomos e a adoção de um gravador de dados de acidentes de trânsito. A resolução, porém, não traz detalhamento técnico de nenhum dos itens, publicando apenas a lista. Por outro lado, especifica que “nos casos em que os estudos técnicos comprovarem a inviabilidade da aplicabilidade do item, estes serão submetidos para deliberação do Contran”. 

Veja a seguir a lista de equipamentos que fazem parte da resolução:

Aviso de afastamento de faixa de rodagem (LDWS)

O sistema alerta o motorista por meio de avisos no painel ou vibração no volante que ele está invadindo as faixas de rodagem sem o acionamento das setas. 

Prazo: 18 meses

Sistema de Frenagem Automático Emergência (AEBS)

Detecta que o veículo está mais rápido que o carro à frente e faz pressão no pedal do freio para parar o veículo, evitando ou reduzindo a intensidade do impacto.

Prazo: 18 meses

Indicação de frenagem de emergência (ESS)

Já presente em alguns carros de categorias superiores, o sistema emite alertas como piscar as luzes para avisar o motorista que vem atrás que o veículo fez uma frenagem brusca. 

Prazo: 6 meses

Sistema de Alerta ou Visibilidade Traseira

Não está claro se o sistema se trata do sensor de estacionamento ou das câmeras de ré. Ele pode ainda incluir o aviso de tráfego cruzado, que alerta o motorista ao dar ré se há movimento atrás do carro.

Prazo: 6 meses

Localização e identificação dos controles (atualização do normativo)

Prazo: 6 meses

Buzina (atualização do normativo)

Deve alterar as regras dos tipos e sonoridade das buzinas.

Prazo: 6 meses

Espelho retrovisor (atualização do normativo)

Deve alterar as regras sobre tamanhos dos retrovisores. 

Prazo: 6 meses

Fechadura e dobradiça (atualização do normativo)

Deve incluir novas regras de funcionamento de dobradiças e fechaduras tanto das portas quanto do porta-malas. 

Prazo: 6 meses

Proteção ao ocupante, incluir impacto frontal e traseiro (atualização do normativo)

Deve estabelecer novas regras sobre reforços estruturais.

Prazo: 6 meses

Aviso de afivelamento dos cintos de segurança (motorista)

Emite alertas sonoros e visuais de que o cinto do motorista não está afivelado.

Prazo: 6 meses

Aviso de afivelamento dos cintos de segurança (demais posições)

Emite alertas sonoros e visuais de que há passageiros no carro cujo cinto de segurança não está afivelado.

Prazo: 6 meses

Proteção para pedestre

Não foi especificado quais itens serão exigidos, podendo incluir alterações estruturais ou equipamentos de detecção de pedestres. 

Prazo: 6 meses

Impacto lateral

Deve estabelecer novas regras sobre reforços estruturais.

Prazo: 6 meses

Impacto lateral poste

Deve estabelecer novas regras sobre reforços estruturais.

Prazo: 6 meses

Regulamentação para veículos elétricos 

Já existem carros elétricos à venda no Brasil, mas não uma legislação voltada para esses veículos. 

Prazo: 6 meses

Veículos Autônomos

Hoje os veículos autônomos não podem rodar nas ruas brasileiras. 

Prazo: 48 meses

Gravador de dados de acidentes de trânsito

Prazo: 36 meses

Com MSN

Aconteceu tá no Folha

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*