Notícias Politica do Vale — 01 março 2018
Enfraquecido Airton pode não conseguir manter apoio de aliados em torno de seus Pré-candidatos. Veja!

Informações vindas de bastidores de  São do Rio do Rio do Peixe apontam que definitivamente o ex-vice-prefeito Joaquim de Edite pai do suplente de vereador Solano (hoje com mandato), não anda satisfeito com o segundo governo de Airton Pires, aliás, a ausência do mesmo em eventos na comitiva do prefeito reforça esta tese.

E esta semana esta possibilidade ficou mais evidente, quando o programa “Jornal da Manhã” da Rádio este da Paraíba, divulgou que a preço de hoje Joaquim não vota nos candidatos do prefeito Airton para deputada estadual e nem para federal: Dra. Paula e Agnaldo Ribeiro respectivamente.

Comenta-se que Joaquim de Edite votará em Trocoli Junior. Outros assessores do chefe do executivo de São João também podem seguir essa linha, inclusive o genro do prefeito Airton Pires seria um dos seguidores do parlamentar que tem mantido contato com lideranças na região.

O silêncio por parte do político até esta data, é mais um  o indício que alimenta os rumores de afastamento. Joaquim como todos sabem, foi vice-prefeito na gestão Airton-I com uma atuação muito presente nas decisões da gestão, e por isso, ensejava a repetição da chapa o que não aconteceu.

A opção foi então lançar seu filho para disputar uma das cadeiras daquele legislativo. Solano não foi eleito e só assumiu graças a uma articulação do prefeito Airton.

Quanto ao fato de o filho de Joaquim Assumir o mandato, há quem diga que isso só aconteceu após incansáveis cobranças de Joaquim de Edite. Airton não tem para os mais próximos de Joaquim, demostrado nesse segundo governo consideração ao ex-companheiro, que se confirmado esse descontentamento pode ter reflexo para 2020.

Redação: Jotha Herre

Aconteceu tá no Folha

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*