Notícias — 28 janeiro 2016
Entrando na luta: empresas de energia vão ajudar no combate ao Aedes aegypti.

03

Profissionais de empresas de energia elétrica, que fazem a leitura de medidores de energia, procurarão localizar possíveis focos do Aedes aegypti, mosquito transmissor da dengue, da febre chikungunya e do vírus Zika. O anúncio foi feito na tarde de hoje (28) pelo Ministério das Minas e Energia. A estimativa é que as distribuidoras de energia contem com 40 mil leituristas, que visitam cerca de 75 milhões de unidades consumidoras mensalmente em todo o Brasil.

Segundo o presidente da Associação Brasileira de Distribuidores de Energia Elétrica, Nelson Leite, as empresas treinarão os leituristas para fiquem atentos à existência de possíveis criadouros do mosquito.

Haverá um código para que uma central seja avisada por meio do aparelho que é usado para as anotações de medição de energia. Em seguida, as salas de controle de riscos e de combate ao mosquito, existentes em todos os estados, será alertada e ficará responsável por avaliar se há mesmo o foco do mosquito e eliminá-lo.

Além disso, a partir do próximo mês, as contas de luz e gás terão escritos os seguintes alertas: “Febre, coceira, dor de cabeça e outros sintomas. Pode ser dengue, chikungunya ou Zika. Beba muita água e vá a uma unidade do SUS”. “O mosquito que mata não pode nascer. Portanto, sábado é dia de faxina”, é outro alerta.

“O setor de energia tem grande capilaridade e grande contribuição a dar no sentido de combate a este mosquito”, disse o ministro Eduardo Braga.

O governo federal anunciou ontem que 220 mil militares vão ajudar no combate ao mosquito Aedes aegypti. O ministro da Defesa, Aldo Rebelo, informou que os homens das três Forças Armadas vão atuar em 356 municípios.

Com Agencia Brasil

Aconteceu tá no Folha.

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*


Warning: preg_replace(): The /e modifier is no longer supported, use preg_replace_callback instead in /home/storage/0/05/7d/site1386850371/public_html/wp-content/themes/LondonLive/footer.php on line 1