Exclusivo! Cmt. do 6º BPM Cel. Guedes confirma periculosidade de elemento morto em assalto e confirma  o monitoramento do Gabriel.

Folha do Vale

O Comandante do 6º BPM de Cajazeiras Cel. Antônio Guedes Neto, em entrevista exclusiva comentou a morte do “Ladrão”, já que esta era uma das frases que fazem apologias ao crime no perfil de Gabriel de Souza, de São José de Piranhas  e que foi morto durante um assalto na noite desta segunda-feira 15,  em estabelecimento a na zona leste da cidade.

Guedes confirmou que Gabriel, era um velho conhecido da polícia, pesando sobre o mesmo a acusação de crimes recentes, como o assalto ao posto Papaléguas II, na PB 393, uma tentativa de homicídio contra um popular em São José de Piranhas que, aliás, também se chama Gabriel.

Segundo nos informou o Cel. Guedes, teria sido a partir dessa investida de Gabriel Souza, que se iniciou uma série episódios de violência, que levaram Gabriel de Souza, ter que fugir para Cajazeiras, para não ser moto. O jovem estava morando ultimamente no bairro Vila Nova e estava sendo monitorado pelas autoridades policiais que se preparavam um pedido de prisão preventiva. Porém a trajetória desse criminoso lhe sentenciou a uma das mais duras penas:  Perdeu sua vida  ao ser atingido cometendo mais um crime.

A nosso  pedido, o chefe da unidade regional da PM que cobre 15 cidades, traçou um perfil do assaltante morto enquanto “trabalhava”. Para o militar, não restam dúvidas de que Gabriel, era uma pessoa violenta e propensa ao que aconteceu!

Áudio Folha do Vale

Redação:

Aconteceu tá no Folha

 

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*