Notícias Politica do Vale — 09 julho 2018
Juntos em 2020? Para alguns observadores políticos Beto Cartaxo pode se aliar ao grupo de Airton após rompimento dos Morais com o PSB.

Arquivo Folha do Vale

Uma fonte próxima ao empresário Beto Cartaxo do PSB de São João do Rio do Peixe, em contato conosco neste fim de semana, falou sobre boatos que ganham força dando conta de uma possível insatisfação dele com o também empresário Régis Morais e que por conta disso, a aliança para 2020 pode estar comprometida.

Segundo nosso informante, Cartaxo teria assegurado que apesar de respeitar os passos dados por aquele que seria seu pupilo do ponto de vista deste projeto político, sentiu-se desconsiderado visto que não houve uma ligação sequer, para deixá-lo ciente dos fatos. “Não questiono a decisão de apoiar Dra. Paula até porque, não tenho nada contra ela. É um nome da região e isso é o que importa, mas o compromisso foi quebrado quando não foi consultado.” Teria dito o socialista.

Diante do ocorrido, nossa fonte traçou um rumo que pode ser tomado por Beto. De acordo com ela (a fonte), o empresário que atua na construção civil poderá em resposta, apoiar o nome do candidato à sucessão do prefeito Airton Pires. Para nosso interlocutor, vamos assim chamá-lo, ele mesmo já teria revelado pra Beto que esta possibilidade deve ser estudada e incluída ainda, a oportunidade dele (Cartaxo) ser, ou indicar o vice na chapa situacionista, visto que o alinhamento entre Airton e o PSB do estado para eleições deste ano, abriria esta porta, e, larga por sinal. 

Mantivemos um breve contato com o empresário, que disse estar agradecido pela lembrança de seu nome para um cargo tão importante. Cauteloso como prese, Beto disse que não tomará nenhuma decisão agora, que conversará com os seus e familiares amigos. Ao ser perguntado se de fato ele conversaria com Airton e poderia firmar uma aliança, Beto foi taxativo e lembrou que ambos não são estranhos entre se, pelo contrário, são primos. “Tenho um bom relacionamento com Airton já sentamos em outras ocasiões. Tem pontos do governo dele que não concordo, mas, não faço oposição por profissão, ele tem acertos, podemos sim chegar a entendimento.” Concluiu.

Redação: Jota Herre

Aconteceu tá no Folha

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*