Destaques Notícias — 27 janeiro 2016
Operação Andaime: MPF realizou acareações entre pessoas ligadas a Prefeitura de Marizópolis e o colaborador Francisco Justino.

01O Ministério Público Federal, em Sousa, continua trabalhando para concluir o processo de investigação em mais de cinquenta inquéritos, abertos após levantamento de documentos apreendidos na primeira fase da operação andaime e que apuram o desvio de recursos públicos e fraudes em processos de licitação em prefeituras sertanejas.

Na terça-feira (26) o Procurador Federal Tiago Misael realizou algumas acareações, com pessoas ligadas à prefeitura de Marizópolis e o construtor Francisco Justino do Nascimento, que tem sido um colaborador do Ministério Público no processo de investigação, a partir do acordo de colaboração premiada homologado pela justiça.

A investigação, que culminou com o desencadeamento da operação andaime, partiu de uma representação formulada pelo Vereador Abdon Salomão Lopes Furtado, noticiando a execução irregular do contrato administrativo decorrente da Tomada de Preços nº- 005/2012, realizada pelo Município de Marizópolis para escolha da empresa Servcon Construções Comércio e Serviços LTDA, para realização de pavimentação de ruas, chegando-se, posteriormente, ao esquema de fornecimento de notas frias para várias prefeituras da região, além do cometimento de vários crimes, como fraude em licitações, peculato, lavagem de dinheiro, corrupção ativa e passiva, entre outros.

Com Redação

Aconteceu tá no Folha.

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*