Destaques Notícias — 29 abril 2018
Prefeito de Poço Dantas parabeniza seu município por mais um ano de emancipação policita. Veja!

O Prefeito José Gurgel Sobrinho parabeniza Poço Dantas pelos 24 anos de emancipação política.

Parabéns Poço Dantas pelos 24 anos de emancipação política, município de um povo humilde, trabalhador e esperançoso.

Desejamos que cada munícipe seja um ponto de apoio na construção diária, com valores sólidos, semeando ações e colhendo conquistas, buscando no presente o futuro.

Que as conquistas do nosso município sejam sempre crescentes, demonstrando que somos nós que fazemos o amanhã e que a perseverança é luz que ilumina o caminho para uma cidade cada vez mais justa.

Diante das dificuldades financeiras o Prefeito Dedé nao vai realizar festa em praça pubica, mais ja adiantou que em junho será realizado o tradicional São Pedro, com entrega de grandes obras que estão sendo executadas no município.

Prefeito Constitucional
José Gurgel Sobrinho (Dedé Cândido).

DSC08486

Confira a Biografia do Município:

Nos anos de 1915, Poço Dantas era conhecida como uma região de grande suporte forrageiro para rebanhos do Rio Grande do Norte e Ceará, por isso atraía inúmeros fazendeiros de outras regiões. A origem do topônimo local é pouco incerta, porém, conta-se que a região onde estava encravada a cidade serviu de habitat de Antas, animal mamífero parecido com o porco da família dos Taperídios.

Poço Dantas teve sua origem no ramo da agropecuária, especialmente nos aspectos de pastagens, muito embora a região é composta de terrenos acidentados, de altos e baixos, predominando as ervas e arbustos.

Dentre as várias que por aqui chegaram destaca-se a figura de Valdevino Lobo e dos Maia, oriundos de Catolé do Rocha. Tomaram eles a iniciativa de escavarem poços nas terras de Miuns, Garrancho e Poço Dantas, todos estes poços se constituíram em fonte hídrica para o rebanho bovino nos anos de seca que sucederam.

Os principais pioneiros do desenvolvimento local foram: Manoel Vieira, Honório Sampaio, José Maria de Castro e Joaquim Correia de Araújo, foram eles que construíram as primeiras residências.

A primeira feira pública ocorreu no ano de 1933, idealizada por Sinfrônio Campêlo.

Em 1938, Francisco Constâncio de Oliveira tornou-se comerciante tendo este construído uma pequena capela, onde hoje é a Igreja que tem “São Francisco de Assis” como padroeiro, também foi ele o primeiro zelador da capela. O primeiro vigário foi o Cônego Anacleto, sucedido pelo Pe. Domingos Cleides Claudino. Em 12 de agosto de 2005, a capela de Poço Dantas tornou Paróquia, tendo como primeiro pároco o Pe. Francisco Pereira Mendes.

O primeiro educador foi José Maria de Castro, que teve como iniciativa criar uma escolinha em um quarto, ao lado onde funciona o atual mercado.

O primeiro Delegado foi Sinfrônio Campêlo, o primeiro tabelião foi o Sr. Odilon Francisco de Oliveira.

O Mercado Público existente foi construído pelo então prefeito de Uiraúna – Adolfo Rodrigues.

Em 1932, por ocasião da grande seca o então Prefeito nomeado de Antenor Navarro, hoje São João do Rio do Peixe, Sr. Natécio Maia determinou a construção da rodagem que liga Uiraúna a Poço Dantas, quer facilitou o escoamento do minério de cal abundantes na região, sendo este utilizado para construção da barragem de Pilões.

O lugar foi marcado pela passagem de bandos de cangaceiros nos idos de 1910 e 1920.

Poço Dantas também foi marcada pela passagem da Coluna Prestes (revoltosos) nos anos de 1926, passando pelo Sítio Miuns vindos da região de São Miguel-RN com destino ao município de Uiraúna, passando pelo povoado de Aparecida.

Poço Dantas já era Distrito quando o município de Uiraúna ainda era territorialmente pertencente ao de Antenor Navarro. Em 2 de dezembro de 1953, foi sancionada a lei pelo então Governador Dr. João Fernandes de Lima que criou o município de Uiraúna e restaurou o Distrito de Poço Dantas em sua área territorial. Em 29 de Abril de 1994, o então Governador do estado Dr. Cícero Lucena Filho, criou o município de Poço Dantas.

Poço Dantas teve sua emancipação política elevada a município em data de 29 de abril de 1994, através da Lei nº 5.931. Em 3 de outubro de 1996, aconteceu a primeira eleição municipal, tendo sido eleito José Milton Santiago como primeiro representante constitucional do município.

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*