Destaques Entretenimento — 12 novembro 2015
Prefeito Puíca enfrenta dificuldades e pode ter perdido um vereador fortalecendo a oposição.
DSC00881

Wilson Alves Puíca

O prefeito Wilson Alves de Freitas parece não conseguir sair da zona de turbulência que ronda não apenas sua gestão, mais sobre tudo sua caminhada política. Puíca como é mais conhecido, tem perdido importantes aliados, é bem verdade que ele tem se esforçado para evitar que as inúmeras lacunas abertas fiquem abertas e tem angariado adesões que não se camparam ao número de rompimentos e algumas figuras que se alinharam com a situação, parece não agradar aqueles que ainda permanecem como seus aliados.

Não faltam denuncias contra o governo municipal, recentemente, uma matéria feita pelo Ipaumirim.com onde um casal que tem uma criança especial que precisa de cuidados especiais, conseguiu com muita dificuldade a realização de um dos dificílimos exames para seu tratamento, no entanto, por não ter condições financeiras para fretar um carro, segundo o texto, o casal que reside na zona rural de Ipaumirim, não pode levar o filho.  Enquanto isso, segundo a postagem uma grande frota, de carros inclusive locados, pertence à prefeitura.

João Felipe é um bebê que nasceu com 6 meses de gestação, prematuro ao extremo, no hospital César cals em Fortaleza, o pequenino teria quer voltar dia 11 próximo passado para novos exames, mais ainda sabemos se isto foi possível.

Também nas redes sociais, não faltam críticas a uma gestão que prometeu segundo está gravado na posse do atual gestor, superar todos os outros prefeito que lhe antecederam. Se Puíca ainda vai conseguir esta façanha? Levando em consideração a matemática seria impossivelmente impossível. Greve de professores, cobrança mesmo não obrigatória do transporte universitário, a tentativa de mudar o regime previdenciário do município etc. tem empurrado para o “abismo” a aceitação da gestão “Por Amor a Ipaumirim”.

Para alguns, esses e outros fatores, se agravam com a subdivisão existente dentro do próprio grupo, ou seja, que o maior expoente político da família Alves é o ex-prefeito Luiz isso é inegável, no entanto, a presença do ex-gestor parece desde o início do mandato incomodar alguns aliados de Puíca, ao ponto de haver os Puicanos (Puíca) e os bolas d’ouro (Luiz Alves).

O

Vereador Wtim

Como se não bastasse, quem foi à sessão da câmara de Ipaumirim nesta quinta-feira 12, ficou sem entender o que estava acontecendo, o Vereador Wtim Ribeiro fez uma serie de denuncias: as péssimas condições de funcionamento do fogão e a precariedade de utensílios, para cozimento dos alimentos, na unidade de ensino que leva o nome do pai do atual prefeito, a escola José Alves de Oliveira. Preocupado com a população do São Vicente área de sua atuação parlamentar, o vereador ainda denunciou o não funcionamento do posto de saúde daquela comunidade.

A situação no São Vicente segundo informações, só não é pior, porque o vereador com o próprio salário tem levado algumas pessoas para o hospital municipal. Outra cobrança feita pelo vereador foi em prol da comunidade do Sítio Novo, com relação à falta de água.

Os rumores dando conta do rompimento de Wtim Ribeiro com chefe do executivo Ipaumirinense ganharam musculatura nos últimos dias e foi reforçado hoje na sessão, aliás, fontes de bastidores, revelam que a bancada de oposição contaria com 5 vereadores: Júnior Trigueiro, Rosineide Barbosa, Socorro Olímpio, Luciene Dias e Wtim Ribeiro que deve fazer parte do Solidariedade.

Outras lideranças ligadas ao PT que apoiaram Wilson Alves no pleito de 2012, também não estariam comungado com o modelo impresso pelo prefeito. Especialistas apostam ser questão de dias, para que lideranças do partido dos trabalhadores deixem o grupo situacionista.

Da redação

Por Jotha Herre

Aconteceu tá Folha.

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*