Salve-se quem puder! onda de assaltos assusta comerciantes em Cz. Na noite desta segunda, empresário fica ferido ao reagir a ação dos elementos.

02Um ou mais elementos, armados, adentrando aos estacionamentos comerciais, onde as imagens são captadas pelas câmeras e mostradas na tela dos telejornais e que eram cenas típicas dos grandes centros no cotidiano das páginas policias, estão com muita frequência fazendo parte da rotina dos cajazeirenses.

Ontem por volta das 18 enquanto se preparava para fechar seu estabelecimento, que fica na Avenida Francisco Matias Rolim, o empresário conhecido como Doutorzinho, do grupo Cruz vermelha, foi abordado por dois elementos que estavam numa moto preta. O garupa de posse de uma arma de fogo, anunciou o assalto.

Segundo relato da vítima, os elementos pediram todo o dinheiro,  ao receber a informação de muito pouco havia sido apurado, o elemento intensificou as ameaças. O empresário relatou que em determinado momento reagiu segurando o revolver, momento em foi agredido pelo assaltante com uma coronhada.

Doutorzinho ainda disse que seu filho de 16 anos ao perceber que estava acontecendo algo de errado se dirigiu para o comércio e ao entrar na farmácia, pediu ao bandido  não me matar. Com a fuga dos elementos o mesmo foi levado para o HRC. Ainda segundo as informações outro mercadinho que fica nas imediações também foi assaltado pela mesma dupla. 

A escala no número de assaltos na terra do Padre Rolim, motivará a CDL  e a ACIC local, convocarem em breve seus membros para uma reunião e uma consequente tomada de providencias objetivando uma adoção de medidas, para freias essas ações. No último fim de semana dois postos de combustíveis foram assaltados, por uma dupla, praticamente nos mesmos moldes operante.

Por sua vez, o Cel. se manifestou nas redes sócias destacando todo o empenho da policia para tentar localizar os elementos que aterrorizam a sociedade Cajazeirense. Quase que diariamente são registrados ocorrência deste tipo, na grande Cajazeiras.

da redação

Aconteceu tá no Folha.

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*