Destaques Notícias — 12 julho 2018
Zé Aldemir entrega ofício ao presidente do legislativo, sugerindo CPI da SCtrans. Marcos já definiu data para leitura do DOC. em plenário. Áudio!

O prefeito José Aldemir entregou nesta manhã ao presidente da casa Otacílio Jurema, o vereador Marcos Barros o oficio de número 148 sugerindo aquele colegiado, a instauração de uma Comissão Parlamentar de Inquérito para apurar os desvio de recursos da SCtrans que podem superar a soma de 300 mil reais. O documento foi entregue durante a sanção da lei municipal de iniciativa do vereador Marcos Barros que visa incentivar a participação de particulares em obras de utilidade pública, dessa forma, quem, por exemplo, construir uma praça, terá isenção em impostos municipais.

O fato aconteceu, na gestão da prefeita Denise Albuquerque, e que tinha na chefia da autarquia de trânsito, o ex-vereador Eudomar Pereira.

Em 2016, houve uma tentativa de se criar uma CPI para apurar, este fato, contudo, o requerimento assinado pelos parlamentares autores do requerimento, acabou sendo reprovado pela maioria da bancada de situação.

Nos últimos dias ganhou força, a possibilidade de criação de uma CPI para apurar o rombo no Instituto de Previdência do Município. Segundo as informações, o órgão tem déficit de aproximadamente 70 mil reais.

O prefeito tem se mostrado tranquilo quanto a este assunto. Aldemir tem defendido inclusive que, sendo identificados, os culpados sejam responsabilizados criminalmente.

Em contato com nossa equipe, Marcos Barros garantiu que dará sequencia aos desdobramentos sugeridos pela no documento assinado pelo chefe do executivo municipal, e já na segunda-feira, o mesmo irá fazer em plenário do a leitura do ofício. Ao ser perguntando se há dentro o quadro de legisladores, pessoas com capacidade técnica para proceder algo tão complexo, como uma CPI, ele garantiu que sim.  

Ouça!

Redação: Jotha Herre

Aconteceu tá no Folha

 

Artigos relacionados

Compartilhe

About Author

admin

(0) Ler respostas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *


*